Projetos ambientais

Reflorestamento

A DCBio mantém, há sete anos, um projeto de reflorestamento que já foi responsável pelo plantio de 75 mil mudas de 80 espécies de árvores nativas e exóticas, entre elas pitanga, jaboticaba, jacarandá, cedro rosa, figueira, ameixa, urucum, goiaba, ipê, aroeira, paineira e oiti. O plantio é feito em Áreas de Preservação Permanente (APPs) respeitando o espaçamento entre as mudas, necessário para seu desenvolvimento. Por dois anos, equipes da DCBio fazem a manutenção das mudas, com adubação, capina, replante e controle de formigas. 

Tratamento de esgoto

A DCBio possui em funcionamento duas estações de tratamento de esgoto. Todos os resíduos domésticos gerados em todos os setores da empresa são tratados. O moderno sistema adotado pela empresa garante que a água retorne para a natureza sem nenhum poluente. Cada estação tem a capacidade instalada para processar 6 metros cúbicos por dia, ou seja, 6 mil litros de esgoto sendo tratado e água devolvida limpa para os rios. A tecnologia utilizada nas duas estações é composta por reatores anaeróbicos e um filtro aeróbico com difusão de ar por bolhas finas com sistema air-lift para o retorno do lodo.

Torres de resfriamento

Visando economizar água, a empresa instalou o sistema de torres de resfriamento, com o objetivo de reutilizar a água em seu processo industrial, promovendo um economia considerável. O processo é um sucesso, capaz de minimizar o uso da água.

Vinhaça

Toda água utilizada na indústria considerada como resíduo pela CETESB, como para a lavagem de dornas e equipamentos, é direcionada para um tanque por meio de bombeamento para, junto com a vinhaça, ser utilizada na fertirrigação da lavoura de cana.

Caixa Separadora

Na oficina mecânica foi instalada uma caixa separadora de água e óleo. Isso evita que resíduos de lubrificantes oriundos da lavagem de peças sejam despejados no meio ambiente. Esse procedimento retém semanalmente, em média, 50 litros de resíduos que deixam de ser lançados no meio ambiente.

Cana certificada

A DCBio incentiva o plantio de cana certificada. Em parceria com a Assobari (Associação dos Fornecedores de Cana da Região de Bariri) foi firmada uma parceria técnica com a OIA (Organização Internacional Agropecuária) e o SEBRAE/SP para desenvolver o Protocolo Sócio-agroambiental para fornecedores de cana-de-açúcar. Esse protocolo contempla, além das boas práticas agrícolas, aspectos relacionados ao meio ambiente, segurança e bem estar do trabalhador rural. O objetivo é produzir etanol sustentável a partir da certificação da produção da cana-de-açúcar, demonstrando que o processo produtivo atende às exigências socioambientais da sociedade brasileira e internacional.